Ghost: conheça o barco de ataque que parece ter saído de filmes de ação

http://img.ibxk.com.br///2014/08/26/26141730941419.jpg?w=1120&h=480&mode=crop
O veículo na imagem acima pode até parecer uma X-Wing parcialmente submersa ou então algum novo veículo do Batman, mas na verdade nada mais é que o Ghost, um novo tipo de veículo especial desenvolvido por uma startup norte-americana para ser usado pela Marinha. Contando com 4 mil HP de potência por causa dos dois motores localizados na parte de baixo das suas “pernas”, o navio promete fornecer mais agilidade e estabilidade durante missões.
Uma das coisas que mais chama a atenção é a forma como a novidade melhora a tecnologia de hidroplanos, que normalmente é mais utilizada em barcos de corrida. Esse tipo de veículo aquático aumenta sua velocidade máxima por se manter em contato sutil com a superfície da água, o que causa uma resistência bem menor do que a sofrida pelas embarcações, que simplesmente deixam seus cascos afundar parcialmente.
No entanto, os hidroplanos comuns acabam tendo a desvantagem de se tornarem relativamente instáveis e propensos a “capotagens”. Para resolver o problema, a fabricante Juliet Marine Systems recorreu ao fenômeno hidrodinâmico da supercavitação, que cria uma bolha de gases ao redor de cada suporte e reduz a resistência em 900 vezes, facilitando o trabalho dos propulsores localizados na frente dos tubos de apoio.

Nada de exclusividade

O Ghost é uma criação do milionário da tecnologia médica e fundador da Juliet Marine Systems, que desenhou o navio por conta própria. Ele então gastou mais de US$ 15 milhões para desenvolver e construir o protótipo inicial – visível no vídeo acima – no estaleiro de Portsmouth, no estado norte-americano do Maine.
Segundo o Bloomberg Businessweek, o sistema levou alguns anos para ser aperfeiçoado e, durante esse tempo, o Escritório de Pesquisa Naval dos Estados Unidos não demonstrou muito interesse na novidade. Uma potencial concessão da DARPA também acabou não vingando, pois requeria fornecimento de acesso exclusivo às patentes da Juliet Marine.
No lugar dessas soluções, Sancoff pretende licenciar a tecnologia de forma mais abrangente. Cada unidade do barco é capaz de transportar 16 pessoas mais a tripulação da embarcação, tudo isso enquanto viaja estavelmente pelos mares, diminuindo a ocorrência de enjoos e até aumentando a precisão de eventuais disparos feitos a partir do veículo.

Viagem suave, preço pesado

Segundo Sancoff, o barco é capaz de fazer coisas que mais nenhuma embarcação militar pode, como atuar no papel de guarda-costas de navios mais lentos. Além disso, ele pode ser posicionado furtivamente nas proximidades de áreas problemáticas para monitorar movimentos de tropas, interceptar comunicações eletrônicas e muito mais.
“É uma viagem tão suave que você pode sentar lá dentro e beber seu café enquanto passa por ondas de quase dois metros”, afirma Sancoff. O objetivo da empresa é vender o Ghost para a Marinha pelo preço de US$ 10 milhões por cada unidade, valor que o Pentágono parece disposto a pagar por uma versão mais refinada caso a máquina passe nos seus testes de velocidade.
Infelizmente, ter uma aparência legal não é o suficiente para convencer as forças armadas a investir em um novo veículo. Em meados de 2012, por exemplo, o Sea Shadow – barco furtivo que inspirou o filme “007: O Amanhã Nunca Morre” – foi leiloado por US$ 3,2 milhões, com a condição de que seu comprador desmanchasse a embarcação.
Fonte(s)
Imagens
Compartilhe no Google Plus

Sobre ABNER HIURY ANDRADE SANTOS

Fundei esse site em 2014 com o objetivo de disponibilizar para os usuarios em geral, um site limpo(sem Pop-ups, se aparecer algum Pop-up não me xingue, é o seu navegador que está com problemas rsrs) e com as mais variadas opções de Filmes, Games e Programas.

0 comentários:

Postar um comentário